Descubra (21).png

       Você já ouviu falar em laserterapia?

       A laserterapia com laser de baixa intensidade, como modalidade terapêutica de bioestimulação tecidual, foi introduzida na Europa há mais de  40 anos, vem sendo usada, hoje, em todo o mundo para analgesia, biomodulação da inflamação e aceleração da reparação tecidual.

 

       Indicações clínicas:

       Tratamento e prevenção do herpes simples

       Tratamento de aftas e úlceras traumáticas

       Estomatite por prótese

       Queilite angular

       Parestesia

       Paralisia Facial

       Mucosite

       Trismo

       Disfunções Temporo Mandibulares

       Mucosite

       Após a remoção de cáries

       Pós preparo cavitário

       Hipersensibilidade Dentinária

       Pós operatório Cirúrgico

 

       Aqui na  clínica, os protocolos de laserterapia fazem parte de nossa rotina diária! É comum usarmos laser em pós preparos seja em uma restauração ou um preparo para porcelana, o que previne a sensibilidade pós operatória e também, no pós operatòrio cirúrgico imediato. Muitos pacientes nos procuram, para tratamentos em aftas e herpes labial, fazendo inclusive, os protocolos de prevenção aos episódios recorrentes.